História

A Brainlab foi fundada em 1989 pelo CEO Stefan Vilsmeier, em Munique. O que se tornou uma busca permanente pela inovação na área de assistência médica começou com um programa de software de planejamento e navegação cirúrgica, orientado por menus e controlado por mouse.

A Brainlab é, acima de tudo, uma empresa de software, com aplicativos que vão do posicionamento de pacientes em tratamentos radiocirúrgicos à navegação cirúrgica guiada por software, até soluções baseadas na nuvem, para facilitar o compartilhamento seguro de imagens médicas.

Com o passar dos anos, o desenvolvimento de sistemas de hardware tornou-se vital para o portfólio da Brainlab. Sistemas de hardware avançados expandem as possibilidades de tratamento e facilitam e entregam inovações de software da Brainlab em inúmeros campos: oncologia, especificamente em radioterapia e radiocirurgia; cirurgia guiada por imagens, especificamente craniomaxilofacial (CMF), ORL, coluna, trauma e neurocirurgia; aquisição de imagens intraoperatórias; soluções de integração de salas cirúrgicas, além do compartilhamento e aprimoramento de imagens.

Impulsionada pelo forte desejo de ampliar o acesso aos tratamentos e a consistência destes, a Brainlab se concentra em aumentar a taxa de sobrevida dos pacientes de câncer, desenvolvendo novos métodos minimamente invasivos para tratar cânceres do cérebro e do corpo e para aumentar o conforto do paciente durante o tratamento. Com o lançamento do site Brainlab.org, a empresa procura tornar a tecnologia médica mais inteligível e accessível para pacientes e prestadores de assistência médica de todo o mundo.